.arquivos

. Dezembro 2017

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Dezembro 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.posts recentes

. A Menina dos Fósforos - H...

. Sonho

. ...

. ...

. O Pássaro Chica-Amorica

. Tu

. A Boneca

. Sento-me

. ...

. Rosas que já tinham morri...

.Nosso Amor
carlosalberto
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008
Traz outro amigo também

Amigo

Maior que o pensamento

Por essa estrada amigo vem

Não percas tempo que o vento

É meu amigo também

 

Em terras

Em todas as fronteiras

Seja bemvindo quem vier por bem

Se alguém houver que não queira

Trá-lo contigo também

 

Aqueles

Aqueles que ficaram

(Em toda a parte todo o mundo tem)

Em sonhos me visitaram

Traz outro amigo também

 

Zeca Afonso

 

publicado por contoselendas às 10:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008
Espectativas

Esperava a camioneta para ir trabalhar. Estava sentado na escadaria do Prédio onde habitualmente espero transporte para o trabalho, quando aquele homem apareceu. Já não era jovem. Pareceu-me já o ter visto algures, não sabendo onde. Ele reconheceu-me logo e apresentou-se como meu ex-vizinho – recordei-me logo dele – começando a falar da sua vida após ter “abandonado” a casa onde vivia perto da minha.

Falava com orgulho de tudo que tinha construído.

Falava como se fosse para si, naquele momento, importante que eu o soubesse tudo que tinha construído.

Orgulhosamente falava…até que chegou à Quinta que tinha em Vila Real de Trás-os-Montes. Dizia ser grande, num sito calmo, mas sua filha não lhe dava valor. Só seu Genro.

Começou a viver a sua Amargura. Era-lhe importante que sua filha gostasse daquela Quinta, de tudo que tinha construído aquilo era o mais importante. Não lhe bastava o Genro gostar.

Eu escutava-o com atenção.

Vivia a tormenta de tudo o que construiu “não ter servido de nada”, pois sua única filha não dava valor, ao que de material mais amava, a sua quinta em Vila Real.

Disse-lhe: não podemos viver pensando que os outros vão reconhecer nossas obras.

Falei do meu gosto pela leitura e de como não espero que os outros gostem de minha estante e meus livros. Quando morrer o seu destino já não é meu.

Entretanto chegou a camioneta e tive de ir….

Sei que não esgotei sua Amargura mas espero que a tenha minimizado.

 

Contoselendas

publicado por contoselendas às 23:17
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Abril de 2008
Frases...

"Mantenha seus pensamentos positivos, porque seus pensamentos tornam-se suas palavras.

Mantenha suas palavras positivas, porque suas palavras tornam-se suas atitudes.

Mantenha suas atitudes positivas, porque suas atitudes tornam-se seus hábitos.

Mantenha seus hábitos positivos, porque seus hábitos tornam-se seus valores.

Mantenha seus valores positivos, porque seus valores ...

Tornam-se seu destino."

 

Mahatma Gandhi

 

publicado por contoselendas às 21:37
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Abril de 2008
Olho o horizonte…

Olho o horizonte… procuro

Por ti… e não sei quem és,

Onde estás… de onde virás

Só sei …que não te conheço …

És-me desconhecida

Mexes comigo

Meu coração bate…

Como o mar nas rochas

Minha respiração …

Como vento na vegetação

Só de pensar em ti

E no quanto te amo.

 

Contoselendas

publicado por contoselendas às 23:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.favorito

. Mudam-se os tempos, mudam...

. Amor é fogo que arde sem ...

. Espectacular!

. Ser Transparente!

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds