.arquivos

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Abril 2016

. Dezembro 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Fevereiro 2014

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.posts recentes

. Sonho

. ...

. ...

. O Pássaro Chica-Amorica

. Tu

. A Boneca

. Sento-me

. ...

. Rosas que já tinham morri...

. No Inicio ...

.Nosso Amor
carlosalberto
Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006
The Sound of Silence

Hello darkness, my old friend,

I've come to talk with you again,

Because a vision softly creeping,

Left its seeds while i was sleeping,

And the vision that was planted in my brain

Still remains

Within the sound of silence.

 

In restless dreams i walked alone

Narrow streets of cobblestone,

'neath the halo of a street lamp,

I turned my collar to the cold and damp

When my eyes were stabbed by the flash of a neon light

That split the night

And touched the sound of silence.

 

And in the naked light i saw

Ten thousand people, maybe more.

People talking without speaking,

People hearing without listening,

People writing songs that voices never share

And no one dare

Disturb the sound of silence.

 

'fools' said i, 'you do not know

Silence like a cancer grows.

Hear my words that i might teach you,

Take my arms that i might reach to you.'

But my words like silent as raindrops fell,

And echoed

In the wells of silence

 

And the people bowed and prayed

To the neon god they made.

And the sign flashed out its warning,

And the words that it was forming.

And the sign said, 'the words of the prophets

 

Are written on the subway walls

And tenement halls.'

Whispered in the sound of silence

 

Paul Simon & Art Garfunkel

 

Feliz Aniversário Paul Simon

publicado por contoselendas às 19:26
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De @GotaDeAmor a 14 de Outubro de 2006 às 21:24
É sempre um bálsamo ouvir "The Sound of Silence" ...
Bom Domingo ... Mts beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.favorito

. Mudam-se os tempos, mudam...

. Amor é fogo que arde sem ...

. Espectacular!

. Ser Transparente!

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds